O PODER DAS ERVAS

Sempre tive muito interesse sobre ervas medicinais e temperos caseiros e aqui está o resultado de minhas pesquisas e experiencias no assunto.

ALECRIM

Esta erva medicinal já é bem conhecida.
Ela é uma planta milenar usada para fins medicinais, culinários e religiosos:
Exala um forte e agradável aroma.
O Alecrim é um exelente estimulante ás pessoas atacadas de debilidade, sendo empregada também para combater as febres intermitentes e a febre tifóide.
Uma tosse pertinaz desaparecerá com infusões de alecrim, que também se recomenda a todas as pessoas cujo estômago seja preguiçoso para digerir.
Também apresenta propriedades carminativas, desinfectantes e aromáticas. E ainda relaxante muscular, ativador da memória e fortalece os músculos do coração.
Para os adeptos do chimarrão: a dica é colocar umas folhinhas junto com a erva mate.
 O ideal é tomar o chá (infusão) após as refeições.
O Alecrim também é ótimo como incenso.



ALHO

Com o sabor marcante e aroma envolvente, este pequeno alimento, parente da cebola, nos é de grande utilização. Muito usado por nós brasileiros como tempero e como remédio.
    Vimos que este condimento tem enorme importância em nossas casas, não só por ser indispensável na cozinha como faz muito bem à saúde. Gripou? Tome um chá de alho.
    Se você é um amante do alho, abuse do seu sabor, que assim sua saúde será privilegiada com a ação fitoterápica deste bulbo. Mas lembre-se de dar alho às pessoas a sua volta, assim ninguém irá perceber que você comeu alho também. 

CAMOMILA


A Camomila é usada principalmente na medicina e extremamente popular pelos seus efeitos calmantes e carminativos, ajudando a aliviar as cólicas dos recém-nascidos. É uma erva que se desenvolve com dificuldade, mas ajuda a manter a saúde das plantas que nascem ao seu redor nos canteiros. Na aromaterapia, é usada para despertar a autoconfiança, a capacidade de esperar e ter paciência em relação ao futuro




Adstringente, analgésica, anti-séptica, antialérgica, antiinflamatória, calmante, carminativa, cicatrizante, desinfetante, emoliente, refrescante, tônica e vulnerária.


                                                       
CONFREIÓtimo cicatrizante, que não convém ingerir, pois contém propriedades tóxicas. A INFUSÃO forte deve ser usado em COMPRESSAS, para acabar com irritações e espinhas na pele, ajuda na cicatrização de queimaduras e feridas.Trata-se de uma planta com alta concentração de tanino e mucilagem, entre tantos outros, que aceleram o processo de cura.



Hortelã


Quem não conhece o famoso chazinho de hortelã? 
Mas além de ser um excelente digestivo, ele é muito bom como tônico e eficiente vermifugo. 
O Hortelã é usado para náuseas/enjoo matinal, descongestionante nasal e muito bom para o hálito.
Fácil de cultivar e seu chá (infusão) tem um sabor e aroma agradabilíssimos.
Uma dica para tratar vermes de cachorros é bater hortelã com um pouco de leite no liquidificador e dar meia xícara 3x por dia.
Por favor, crie o hábito de tomá-lo sem açúcar!




TANCHAGEM


TANCHAGEM "Plantago major" Uma das plantas de maior valor medicinal e veterinário. Purificadora do sangue, age como bactericida sobre as vias respiratórias em casos de inflamações, destruindo microorganismos e limpando secreções. Indicada também em casos de diarréias e hemorragias pós-parto. Usar infusão de 30 gramas para cada litro de água.
Para saber exatamente qual é a tanchagem, temos que procurá-la em lugares mais úmidos e ao encontrá-la quebrar a folha e verificar que não tem leite, nem cheiro, nem sabor. 
Planta espetacular que pode ser usada até mesmo em salada.








CARQUEJA


INDICAÇÕES
Afecções febris, afecções gástricas, intestinais, das vias urinárias, hepáticas e biliares (icterícia, cálculos biliares, etc)
Afta, amigdalite, anemia, angina, anorexia, asma, astenia, azia, bronquite asmática, coadjuvante em regimes de emagrecimento, colesterol (redução de 5 a 10%), desintoxicação do fígado, diabete, diarréias, dispepsias, doenças venéreas, enfermidades da bexiga, do fígado, dos rins, do pâncreas, do baço, espasmo, esterilidade feminina, estomatite, faringite,feridas, fraqueza intestinal, inflamação da garganta, gastrite, gota, má digestão, impotencia sexual masculina, inflamação das vias urinárias, má circulação, obesidade prisão de ventre, reumatismo, vermes.




                   
                SÁLVIA



NOME CIENTÍFICO
Salvia officinallis
DESCRIÇÃO DA PLANTA
Arbusto que atinge de 30 a 75 cm de altura, com folhas acinzentadas, que às vezes podem apresentar manchas amareladas. Suas flores vão do branco ao lilás.
AROMA E SABOR
Folhas com cheiro intenso e penetrante, levemente azedas.
ORIGEM
Nativa da costa Norte do Mediterrâneo.
COMPOSIÇÃO
Possui estrógeno.
PROPRIEDADES
- adstringente
- anti-séptica
- antiperspirante
- digestiva
- estimulante
FUNÇÕES TERAPÊUTICAS
- como infusão combate gengivas inflamadas, aftas e dores de garganta
HISTÓRICO E CURIOSIDADES
Seu nome deriva da palavra latina “salvere”, que significa “curar”.
Considerada uma erva sagrada para os romanos, tinha sua colheita cercada de rituais.
A sálvia é tida como a erva da longevidade. Segundo um provérbio chinês, quem tem sálvia em casa nunca envelhece.
Na Idade Média era muito usada com finalidades medicinais, sendo que os gregos, romanos e árabes a usavam como tônico geral e contra mordidas de cobras.
Há alguns séculos seu uso medicinal foi superado pelo uso na cozinha.
PARTES USADAS
Folhas e flores.



Fonte: http://www.sensibilidadeesabor.com.br