quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Para Todas as "Sementes" do mundo...


Que neste período em que paramos um pouco para pensar em nossas vidas e desejar "coisas" e situações aos outros e a nós mesmos, sejamos mais responsáveis pelos nossos atos e palavras e pensemos também em nosso querido Planeta...
Pequenas atitudes como não jogar o lixo no chão, já não cabem mais na nossa lista de "coisas boas que faço", já é obrigação! Temos que partir para coisas maiores e bem mais significativas como PENSAR ANTES DE COMPRAR,  analisar suas reais necessidades, boicotar empresas que usam, por exemplo, animais cobaias para testes laboratoriais de seus produtos, compar móveis SÓ de madeira certificada, trocar alimentos convencionais com agrotóxicos por orgânicos, JAMAIS manter passarinho na gaiola ou permitir que seu vizinho bata no cachorro dele...
Será que você consegue? É difícil, eu bem sei... estou tentando... tente também...
O Planeta agradece!
FELIZ E SAUDÁVEL ANO NOVO Á TODOS!

sábado, 10 de dezembro de 2011

Aos Usuários da Semente...

Queridos amigos usuários/participantes da Semente,
quero me desculpar por não aparecer seus avatares no blog.
Já entrei em contato com o Blogger e acredito que isso logo será resolvido.
Mas não deixem de  Seguir a Semente...

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

FUNÇÃO DAS SEMENTES

Semente com Asas?

Diferentemente dos animais, as plantas são limitadas em sua habilidade de procurar condiçõe favoráveis para sua vida e crescimento. Como consequência, elas desenvolveram muitas maneiras de dispersão e distribuição da sua população através das
sementes. Uma semente precisa chegar de alguma maneira a um local e precisa estar lá enquanto houver condições favoráveis à germinação e crescimento. Em alguns casos, as propriedades que contribuem com este movimento das próximas gerações para longe da planta mãe estão mais ligadas a propriedades do fruto do que da semente e, em alguns casos, a uma mistura dos dois. As sementes também possuem um mecanismo de proteção da próxima geração, evitando que a planta germine em condições desfavoráveis ao crescimento. Em áreas de invernos rigorosos, as sementes podem passar o inverno todo debaixo da neve, dormentes, só germinando na primavera. Esta mesma propriedade forma o banco de sementes em algumas florestas: as sementes ficam no solo até que alguma árvore mais velha caia e abra uma clareira, permitindo que a luz entre e que novas sementes germinem. Em muitas espécies, a estratégia é mais simples: produzir o maior número de sementes. Esta estratégia funciona, mas exige o investimento de uma grande quantidade de energia por parte da planta mãe, de forma que a relação custo-beneficio pode ficar próxima da produção de poucas sementes altamente especializadas. As sementes são órgãos reprodutores, como a flor e o fruto.